Sindicatos

Taxonomia

Código

Nota(s) de âmbito

Nota(s) da fonte

Mostrar nota(s)

Termos hierárquicos

Sindicatos

Termos equivalentes

Sindicatos

Termos associados

Sindicatos

180 Descrição arquivística resultados para Sindicatos

180 resultados diretamente relacionados Excluir termos específicos

Acta n.º 15 da 15.ª reunião do Conselho Nacional da CGTP-IN

A reunião realizou-se na sede da CGTP-IN, em Lisboa, tendo como ordem de trabalhos: . 1. expediente;. 2. preparação dos trabalhos da reunião do plenário de sindicatos:. 2.1. situação político-sindical:. a) balanço das eleições legislativas;. b) acção reivindicativa;. c) campanha pela efectivação dos direitos;. d) comemorações do 1.º de Maio;. 3. relatório e contas do exercício de 2001. . A acta contém vinte e seis documentos anexos: . 1 - o registo de presenças na reunião [p. 154-155];. 2 - a convocatória para a reunião, datada de 2002-03-06 [p. 156];. 3 - [justificação de ausência de Armando Farias] [p. 157];. 4 - [justificação de ausência de Manuel Correia] [p. 158];. 5 - [justificação de ausência de Conceição Rodrigues] [p. 159];. 6 - [justificação de ausência de José Alberto Dinis] [p. 160];. 7 - [justificação de ausência de Zulmiro Rodrigues de Almeida] [p. 161];. 8 - [justificação de ausência de Armando Lacerda] [p. 162];. 9 - [justificação de ausência de João Torres] [p. 163];. 10 - [justificação de ausência de Augusto Pascoal] [p. 164];. 11 - [justificação de ausência de Alfredo Lourenço Pinto] [p. 165];. 12 - [justificação de ausência de Leonel Nunes] [p. 166];. 13 - [justificação de ausência de Paulo Trindade] [p. 167];. 14 - [justificação de ausência de Francisco Braz] [p. 168];. 15 - [justificação de ausência de Francisco Vieira] [p. 169];. 16 - [justificação de ausência de Sérgio Moiteiro] [p. 170];. 17 - Relatório de actividades de 2001 [p. 171-206];. 18 - Adenda ao relatório de actividades 2001 [p. 207];. 19 - Parecer sobre o relatório e contas de 2001 [p. 208-210];. 20 - CGTP-IN condena violência israelita [p. 211-212];. 21 - Projecto de resolução: o novo contexto político e a acção da CGTP-IN [p. 213-217];. 22 - Nota sobre a situação na Palestina [p. 218-220];. 23 - Texto integral do documento: convergência democrática para um governo de legislatura [p. 221-225];. 24 - Iniciativa da CGTP-IN sobre acidentes de trabalho - conclusões do grupo de trabalho [p. 226];. 25 - [ofício circular n.º 52/2002, datado de 2002-04-02, com o assunto: ''Balanço dos resultados de sindicalização e eleição de delegados sindicais em 2001''] [p. 227].

Acta n.º 18 da 18.ª reunião do Conselho Nacional

A reunião realizou-se na sede da CGTP-IN, em Lisboa, tendo como ordem de trabalhos:

  1. expediente:
    1.1. aprovação da acta n.º 16.

  2. situação político-sindical:
    a) legislação laboral;
    b) política reivindicativa (salários, pensões e prestações sociais);
    c) plano geral de actividades (conferência sindical nacional);
    d) 1.º de Maio;

  3. contas e relatório justificativo do exercício de 1990.

A acta contém dez documentos anexos:
1 – o registo de presenças na reunião [pp. 004-005];
2 – a convocatória para a reunião, datada de 1991-03-05 [p. 006];
3 – proposta: preenchimento da vaga na CECO [Comissão Executiva do Conselho Nacional] [p. 007];
4 – declaração manuscrita de Guida Vieira, datada de 1991-03-26, sobre a acta n.º 16 [p. 008];
5 – declaração de voto manuscrita de Maria Emília Reis sobre a eleição de Rui Paixão para a Comissão Executiva do Conselho Nacional [p. 009];
6 – texto dirigido ao sindicato têxtil do Minho saudando a marcha dos trabalhadores da ''Coelima'' [p. 10];
7 – "Comparação [de] Contas: 1989/1990 – Contas 1990 : Orçamento 1990" [pp. 011-013];
8 – Organização Juvenil da CGTP-IN – "Cordão Humano contra a Precariedade de Emprego Juvenil: Gabinete do Ministro da Juventude em Lisboa: 22 Março 1991: Resolução" [pp. 014-015];
9 – "Proposta sobre a Realização do Seminário Nacional Ambiente/Desenvolvimento" [p. 016];
10 – "Iniciativa da Formação Profissional" [p. 017].

Actas de reuniões

Constituída por 23 actas de reuniões da Direcção, e ainda as actas de reunião das delegadas a nível nacional, reuniões das delegações de Santarém e Setúbal, e do Encontro Nacional de 1976-10-03.
Ofício-circular da acta do Encontro Nacional de 1976-07-04.
Acta avulsa de 1976-03-17.
Livro de actas de 1980-11-13 a 1983-09-28. O livro contém folhas avulsas de actas que faltaram passar a limpo para o respectivo livro. Actas avulsas relativas à assembleia eleitoral de 1986, bem como o caderno eleitoral, convocatórias, termo colectivo de aceitação de candidatura, horário de funcionamento das mesas de voto.

Actas de reuniões da Assembleia Geral

A subsérie é constituída por um livro de actas de reuniões da Assembleia Geral do Sindicato Nacional dos Operários da Indústria de Conservas do Distrito de Faro, com sede em Olhão.

Da acta n.º 1, de 1937-01-15, à acta, sem número, de 1995-01-18.

Actas de reuniões da Assembleia Geral

Esta subsérie é composta pelas actas das reuniões da Assembleia Geral do Sindicato dos Operários Corticeiros do Distrito de Portalegre.
A saber:

  • livro de registo das actas de 1914-04-29 a 1937-03-07 da Secção de Portalegre do Sindicato Nacional dos Operários Corticeiros do Distrito de Évora;
  • acta da Assembleia Geral de 1936-03-01;
  • fotocópia autenticada com selo branco de acta avulsa da sessão extraordinária da Assembleia de 1975-06-14;
  • livro de registo de actas de 1976-05-13 a 1977-02-19;
  • dossier com actas de 1989-03-31 a 1983-03-25 de assembleias gerais ordinárias do Sindicato dos Operários Corticeiros do Distrito de Portalegre, com as respectivas convocatórias, termos de abertura, registo de presenças e documentos apresentados nas assembleias.

Actas de reuniões da Assembleia-Geral

A subsérie integra as actas das reuniões da Assembleia Geral do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos, a saber:

  • Livro n.º 1 de actas de reuniões da Assembleia Geral do Sindicato Nacional dos Artistas Teatrais, composto por 43 actas (da acta n.º 1, de 1940-03-18, à acta n.º 43, de 1975-06-07);
  • Livro n.º 3 de actas das reuniões da Assembleia Geral do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos (da acta n.º 81 [1977] à acta n.º 108, de 2010-02-23.
    E, ainda, as actas da Comissão designada pela Assembleia Geral para a revisão do projecto de reforma dos Estatutos do Sindicato Nacional dos Artistas Teatrais (acta n.º 1, de 1973-12-27, à acta n.º 6, de 1974-01-24).

Actas de reuniões da Direcção

A subsérie é constituída por livros de actas da Direcção do Sindicato Nacional dos Operários de Indústria de Conservas e Ofícios Correlativos do Distrito de Faro, com sede em Olhão.

Inclui: da acta n.º 1, de 1947-01-11, à acta, sem número, de 1983-07-27.

Contém ainda, em avulso, cópia de actas da reunião de conjunto da sede e secções (de 6 e 7 de Agosto de 1947 e cópia da acta n.º 65 da reunião conjunta da sede e secções no dia 20 de Outubro de 1954; cópia da acta n.º 14 da Direcção do Sindicato Nacional realizada nos dias 27 e 28 de Dezembro de 1950; cópia da acta n.º 11 da Direcção de 30 de Junho de 1945; cópia da acta da Direcção deste sindicato de 3 de Agosto de 1950; rascunho da acta da Direcção de 19 de Junho de 1951.

Actas de reuniões da Direcção

A subsérie compreende os livro de actas de reuniões da Direcção do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos, a saber:

  • Livro de actas de reuniões da Comissão Administrativa do Sindicato Nacional dos Artistas Teatrais, composto por 34 actas (acta n.º 1 – 1938-09-06 à acta n.º 34 – 1940-04-18);
  • Livro de actas de reuniões da Direcção do Sindicato Nacional dos Artistas Teatrais, composto por 102 actas (acta n.º 1 – 1940-04-27 à acta n. º 102 – 1950-01-14);
  • Livro de actas de reuniões da Direcção do Sindicato Nacional dos Artistas Teatrais, composto por 115 actas (acta n. º 103 – 1950-02-24 à acta n.º 218 – 1966-09-08);
  • Livro de actas de reuniões da Direcção do Sindicato Nacional dos Artistas Teatrais, composto por 123 actas (acta n. º 219 – 1966-10-20 à acta n.º 342 – 1976-09-07);
  • Livro de actas de reuniões da Direcção do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos, composto por 82 actas (acta n. º 343 – 1976-09-14 à acta n.º 425 – 1978-04-05);
  • Livro de actas de reuniões da Direcção do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos, composto por 72 actas (acta n. º 425 – 1978-03-27 à acta n.º 497 – 1980-03-10);
  • Livro de actas de reuniões da Direcção do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos, composto por 73 actas (acta n. º 497 de 1980-03-10 à acta n.º 570 de 1985-11-04);
  • Livro de actas de reuniões da Direcção do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos, composto por 123 actas (acta n. º 570 – 1985-11-04 à acta n.º 693 – 1989-01-24);
  • Livro de actas de reuniões da Direcção do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos, composto por 134 actas (acta n. º 693 de 1989-01-24 à acta n.º 827 de 1992-06-16);
  • Livro de actas de reuniões da Direcção do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos, composto por 128 actas (acta n. º 828 – 1992-06-23 à acta n.º 957 – 1998-11-06);
  • Livro de actas de reuniões da Direcção do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos, composto por 140 actas (acta n. º 957 – 1998-11-06 à acta n.º 1097 – 2011-06-06);
  • Actas de reuniões da Direcção do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos. Da acta n.º 892 – 1994-05-11 à acta n.º 997 – 2000-12-07. Inclui ainda, em anexo, a lista de presenças.

Actas de reuniões da Direcção

Esta subsérie é composta pelos livros de registo das actas das reuniões da Direcção do Sindicato dos Operários Corticeiros do Distrito de Portalegre entre 1944 e 2015.

A saber:

  • livro de actas de 1944-04-25 a [post. 1949-09-19], com as actas das sessões de posse, ordinárias e extraordinárias, da Comissão Administrativa e da Direcção da Secção de Portalegre do Sindicato Nacional dos Operários Corticeiros do Distrito de Évora; a partir de 1947-10-10, começam as actas da Direcção do Sindicato Nacional dos Operários Corticeiros do Distrito de Portalegre;
  • livro de actas de 1968-03-23 a 1978-12-14;
  • livro de actas de 1979-01-14 a 1988-03-31;
  • livro de actas de 1989-01-01 a 2015-06-17.

Actas de reuniões do Conselho Fiscal

A subsérie integra as actas das reuniões do Conselho Fiscal do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos, a saber:

  • Livro de actas das reuniões do Conselho Fiscal do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos: da acta n.º 1, de 1976-05-12, à acta n.º 10, de 1981-04-13. Inclui, em avulso, parecer do Conselho Fiscal.
    Inclui ainda apontamentos de actas avulsas.

Actas de tomada de posse

Livro de actas da tomada de posse dos corpos gerentes do Sindicato do Serviço Doméstico para os triénios de 1976-1979; 1980-1983; 1983-1986 e 1986-1989.
Nome dos membros do triénio 1976-1979:

  • Mesa da Assembleia Geral: Maria Angélica Teixeira, Maria Luísa dos Santos Rubira, Adelaide de Jesus Ramos e Cremilde de Jesus dos Santos
  • Direcção: Maria da Conceição Ramos, Maria Helena de Freitas Pereira, Maria da Conceição Lima Faria, Maria Emília Miranda e Olívia Cantineira da Silva.
  • Conselho Fiscal: Gracinda Parreira Sobral, Glória da Silva Pereira e Deolinda da Conceição Ferreira Senica.

Nome dos membros do triénio 1980-1983:

  • Mesa da Assembleia-Geral: Maria da Conceição Ramos, Maria Isabel da Cunha Vilela, Antónia Celeste de Jesus Vieira, Laura Gonçalves Pereira.
  • Direcção: Maria Emília Miranda, Maria da Conceição de Lima Faria, Maria Dolores Costa Reis Lampreia, Maria Elvira dos Santos Saraiva, Emília Gracinda Prata R. Antunes.
  • Conselho Fiscal: Maria Helena de Freitas Pereira, Maria Albina Fonseca, Gracinda da Silva Pereira dos Santos.
  • Suplentes: Maria Inácia Quintas F. Fernandes, Deolinda Cardoso Ribeiro.

Nome dos membros do triénio 1983-1986:

  • Mesa da Assembleia-Geral: Maria Isabel da Cunha Vilela, Domicilia Santos Cabrita, Maria Amélia Conceição, Rosaria Maria Donado, Rosa Oliveira, Fernanda Rosa Pinto Tavares, Perpétua Inácia Hortense.
  • Direcção: Maria da Conceição Lima Faria, Maria Dolores Costa Reis Lampreia, Ivone Maria Gonçalves, Maria Cândida Pires Nogueira, Josefa Almeida Sousa, Emília Gracinda Prata R. Antunes, Maria Emília T. Miranda, Lurdes Alves.
  • Conselho Fiscal: Rosa Sousa Pinto, Carminda, Manuela Prazeres Santos, Maria Visitação e Maria Freitas Pereira.

Nome dos membros do triénio 1986-1989: Mesa da Assembleia-Geral: Rosa dos Santos Pinto, Ivone Maria Gonçalves, Rosaria Maria Donado, Tereza Moreira N. Barreto.

  • Membros suplentes: Maria Cidália Ribeiro Pinto, Evangelina dos Anjos Pereira, Manuela dos Prazeres Santos.
    Direcção: Maria da Conceição de Lima Faria, Maria Dolores Costa Reis Lampreia, Maria Amaro Gonçalves, Josefa de Almeida e Sousa, Emília Gracinda Prata Rato Antunes.
  • Membros suplentes: Lurdes Alves, Maria Cândida Pires Nogueira.
  • Conselho Fiscal: Maria Guedes, Maria de Lurdes Morais M. Dias, Fernanda Rosa Pinto Tavares.

Actividade sindical e direitos laborais

Esta subsérie é composta por documentação relativa à actividade sindical desenvolvida pelo sindicato, reivindicações e legislação laborais.

Inclui:

  • documentação acerca das campanhas de sindicalização;
  • intervenção sindical;
  • balanço da sindicalização;
  • apreciações e pareceres sobre projectos de lei e outra legislação.

Actividades desportivas e recreativas

Esta série contém documentação relativa à participação dos sócios do Sindicato dos Operários Corticeiros do Distrito de Portalegre em actividades desportivas e sorteios semanais promovidos pelos sindicado.
Incluí:

  • ofícios;
  • fichas de inscrição;
  • recibos;
  • calendários de torneios;
  • fichas de classificação das actividades de pesca desportiva e convívios piscatórios na Corticeira Robinson Bros, SA.

Balancetes

Balancetes mensais das delegações (Évora, Aveiro, Torres Novas, Montemor-o-Novo, Porto) e da sede do Sindicato do Serviço Doméstico e balancete de razão com os movimentos de débito e crédito e respectivo saldo.

Caderno de anotações

Contém caderno com poemas de autor desconhecido; rascunhos de intervenções acerca da situação do sindicato; intervenções em plenários dos trabalhadores para discussão de atrasos no pagamento de salários aos trabalhadores e outros temas, anotações sobre pré-avisos de greve e decisões tomadas em plenário, entre outros.

Caixa

Documentação de cariz contabilístico relativa a folhas de diário de caixa do Sindicato do Serviço Doméstico.
Inclui folhas de caixa e diário de caixa.

Caixa

Está subsérie contém as folhas de entradas e saídas de caixa, organizadas mensalmente, do Sindicato dos Operários Corticeiros do Distrito de Portalegre.
Inclui:

  • quadro do pessoal;
  • folhas de quotização;
  • guias de receitas;
  • facturas;
  • ordens de pagamentos;
  • saídas de caixa;
  • recibos;
  • facturas.

Cartões de sócios

Esta subsérie contém cartões de sócios do Sindicato dos Operários Corticeiros do Distrito de Portalegre; um cartão da Associação de Desportos do Distrito de Portalegre pertencente a um sócio do sindicato e um cartão de delegado para a 3.ª Conferência de Organização Sindical da CGTP-IN.

Colecção António de Bastos Ferreira

  • PT / CGTPIN / ABF
  • Fundo
  • 1979 - 1988

Documentação referente ao processo de constituição do STEFFA's.

Ferreira, António de Bastos

Colecção de fotografias

Colecção de fotografias composta por:

  • 3 fotografias relativas ao 1.º Encontro Nacional dos Trabalhadores do Sindicato do Serviço Doméstico, realizado na Figueira da Foz, a 1975-05-04;
  • 2 fotografias relativas a reuniões na delegação de Évora em 1979;
  • 13 fotografias relativas ao Encontro Nacional de Trabalhadores do Serviço Doméstico, realizado a 1982-10-17;
  • 10 fotografias relativas à Noite Cultural do Grupo de Teatro para Trabalhadores no âmbito do Encontro Nacional de Trabalhadores do Serviço Doméstico, realizado a 1982-10-17;
  • 8 fotografias relativas a comemorações do 1.º de Maio de 1983;
  • 1 fotografia relativa à Assembleia Geral do Sindicato do Serviço Doméstico de 1981;
  • 2 fotografias relativa a Assembleia Geral do Sindicato do Serviço Doméstico de 1982;
  • 2 fotografias relativas ao atendimento de sócias na sede do Sindicato do Serviço Doméstico, em Lisboa (1982, 1983);
  • 1 fotografia relativa a mesa de voto com urna para eleição [dos corpos gerentes do Sindicato do Serviço Doméstico, 1986];
  • 6 fotografias sem data.

Colecção sonora

Colecção áudio relativa ao 1.º Congresso de Trabalhadoras do Serviço Doméstico.
Inclui intervenções de abertura do congresso (mencionam a presença da Dr.ª Graça de Vasconcelos, do Gabinete do primeiro-ministro), intervenções dos representantes de França, Holanda e Peru, intervenções das domésticas, programação cultural com a apresentação do jogo cénico, intervenções finais do congresso, entrevistas realizadas em Évora e no Terreiro do Paço, em Lisboa, para auscultar a opinião pública sobre a classe das empregadas domésticas: salários, férias, subsídios de férias e de natal, feriados, despedimentos. Pode ouvir-se músicas de intervenção e o hino da CGTP-IN.
Uma cassete áudio de desgarradas de Henrique Manuel e Maria de Fátima e outro de música popular.

Contas-correntes e orçamento

Documentação relativa a contas-correntes do Sindicato do Serviço Doméstico e respectivo orçamento.
Inclui também os relatórios e contas.

Contratos colectivos de trabalho

Esta subsérie contém documentos respeitantes às negociações e celebrações dos contratos de colectivos de trabalho para a indústria corticeira.
A saber:

  • correspondência;
  • propostas de revisão do contrato colectivo de trabalho;
  • recortes de imprensa;
  • resposta às propostas de revisão;
  • boletins de trabalho e emprego;
  • tabelas salariais;
  • actas das negociações.

Contratos colectivos de trabalho

A subsérie integra a documentação e correspondência trocada entre o Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos e várias instituições, a saber:

  • Empresa Rey Colaço-Robes Monteiro – concessionária da Teatro Nacional D. Maria II;
  • Associação Portuguesa de Empresários de Espectáculos;
  • Associação dos Restaurantes e Similares do Centro/Sul de Portugal;
  • Associação dos Industriais Hoteleiros e Similares do Algarve;
  • União de Grémios dos Espectáculos, o Grémio Nacional das Empresas Teatrais e Similares;
  • Corporação dos Espectáculos;
  • Comissão Corporativa de Artistas Teatrais;
  • Direcção-Geral do Trabalho e Corporações;
  • Radiodifusão Portuguesa.
    A documentação refere-se:
  • aos projectos de proposta de contrato colectivo de trabalho;
  • processo de negociação do contrato colectivo de trabalho para os profissionais de espectáculos;
  • contrato colectivo de trabalho vertical entre os sindicatos: da actividade cinematográfica, dos telefonistas do Porto, dos colaboradores e profissões similares, dos trabalhadores de serviço de vigilância, portaria, limpeza e actividades similares, dos electricistas do Sul, dos electricistas do Norte, dos electricistas do Centro, dos trabalhadores de escritório do Porto, dos telefonistas de Lisboa, da Federação Nacional do Sindicato dos Metalúrgicos, da Federação dos Sindicatos dos Transportes Rodoviários, da Federação Regional do Sindicato dos Profissionais de Escritório do Sul e Ilhas, e associações: Portuguesa de Empresas Cinematográficas, Portuguesa de Empresários de Espectáculos e de Produtores de Filmes; e ainda, das convenções colectivas de Trabalho: condições de trabalho acordadas entre o Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos (Sector Técnico) e a Associação Portuguesa de Empresários, de Teatro, Música, Circo, Tauromaquia, Restaurantes Típicos, Bailes e Variedades (Secção de Teatro); contrato colectivo de trabalho entre o Sindicato da Actividade Cinematográfica e a Associação Portuguesa de Empresas Cinematográficas, Associação Portuguesa de Empresários de Espectáculos e Associação de Produtores de Filmes.
    Inclui: contrato colectivo de trabalho, aditamentos ao contrato, ofícios, recortes de imprensa, regulamento do horário do trabalho, avisos, regulamento da carteira dos artistas teatrais, credenciais, declarações, projecto de proposta de contrato colectivo de trabalho, legislação, circulares, protocolos, proposta de revisão salarial, actas.

Contratos colectivos de trabalho vertical

Esta subsérie contém documentação relativa a negociações e diversas revisões do contrato colectivo de trabalho vertical para a indústria corticeira.

Inclui:

  • anteprojecto;
  • propostas;
  • revisões de contrato;
  • moção;
  • contratos colectivos de trabalho publicados;
  • conclusão de contratos.

Controlo financeiro e contabilístico

A série é constituída por documentação de cariz contabilístico do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos.
A saber: orçamento relatório e contas, contas de gerência, balancetes, documentos de despesa e receita, remunerações, descontos e abonos, registo de descontos, registos contabilísticos, registo de quotizações, registo de jóias, registo de pagamento de carteiras profissionais.

Controlo financeiro e contabilístico

A série é constituída por documentação de cariz contabilístico do Sindicato do Serviço Doméstico.
A saber: fichas de quotização; registo de quotizações; documentos de despesa e receita; caixa; diário de caixa; contas-correntes e orçamento.

Copiador de contencioso

Colecção de ofícios expedidos do Sindicato do Serviço Doméstico para as entidades patronais, advogados, tribunais.
Numerador/C.

Copiador de ofícios – sócios

Colecção de ofícios expedidos do Sindicato do Serviço Doméstico para as sócias relativos a indemnizações, férias vencidas, subsídio de férias, cessação de contratos, despedimentos.

Correspondência com os sócios

Correspondência trocada entre o Sindicato do Serviço Doméstico e as suas associadas.
Contém dois maços de cartas de sócias (1974-06-11 a 1977-06-01) enviadas ao sindicato dando conta das suas reivindicações, expondo as situações pessoais, questionando sobre a forma de se sindicalizarem, as vantagens e quais os procedimentos para tal, pagamento de quotizações, cartões, despedimentos, participação nas reuniões, inscrições, férias, baixas médicas.
Inclui cartas, ofícios, postais, declarações, exposições.

Correspondência expedida

Correspondência expedida pelo Sindicato dos Operários Corticeiros do Distrito de Portalegre para diversas entidades, entre elas:

  • Administração Corticeira Robinson Bros;
  • Câmara Municipal de Portalegre;
  • Empresa Subcentro, Lda.;
  • correspondência dirigida aos sócios e delegados sindicais.

Incluí ofícios, comunicado, acta de reunião, diploma, entre outros.

Correspondência recebida

Correspondência recebida de várias entidades, entre elas: da CGTP–IN, de sindicatos, de federações de sindicatos, de uniões distritais, nomeadamente, da Federação Portuguesa dos Sindicatos do Comércio e Serviços, União dos Sindicatos de Lisboa, e ainda da Direcção-Geral de Educação de Adultos, da Direcção-Geral de Educação Permanente.
Inclui ofícios-circulares, comunicados à imprensa, informações à imprensa, planos de actividades, orçamentos, relatórios e contas, relatórios de actividade, programas, actas de plenários, regulamento das bolsas de actividade, concessão de subsídios, relatórios, memorandos, moções, resoluções, postais.
Contém ainda as conclusões do Seminário Sindical Nacional de Segurança Social (1980-01-19); ''Boletim de Informação e Formação Sindical da BASE – Frente Unitária de Trabalhadores'', números 1 e 2 (1977); caderno com textos de apoio para o Encontro Nacional das Mulheres Trabalhadoras (1976-07-24); documento-base para debate na Conferência Nacional pelo Direito do Trabalho, contra a Suspensão dos Contratos, Despedimentos e o não Pagamento de Salários'' (1983); e cadernos 2 e 3 da ''Informação e Propaganda Sindical'' (IPS) do departamento de Informação da CGTP-IN.

Correspondência recebida da CGTP-IN

Correspondência recebida da CGTP-IN relativa a: reuniões (Plenário de Sindicatos da CGTP-IN, reuniões de sindicalistas na Assembleia Mundial pela Paz e pela Vida), encontros, seminários e conferências (Conferência Sindical das Mulheres Trabalhadoras, Seminário Nacional sobre Política Fiscal, Encontro Nacional de Jovens Activistas Sindicais, 2.º Encontro Nacional dos Trabalhadores Estudantes, I Conferência Sindical da Juventude Trabalhadora, I Conferência Nacional de Organização Sindical, Seminário Sindical de Higiene e Segurança no Trabalho, Congresso Sul-Africano dos Sindicatos, Seminário Sindical Nacional dos Tempos Livres, Encontro Nacional da Juventude Trabalhadora, Seminário Sindical Nacional de Segurança Social, Seminário Sindical Nacional dos Tempos Livres, Encontro Nacional contra o Desemprego), comemorações do 1.º de Maio e Dia Internacional da Mulher, planificação da formação sindical, cobrança da quotização sindical, liquidação de quotização, liquidação das edições ''Alavanca'', e, ainda, regulamentação laboral, nomeadamente: protecção e defesa na maternidade e paternidade, planeamento familiar, educação sexual e interrupção voluntária da gravidez, abono de família e prestações complementares, sistema nacional de saúde, regulamentação do departamento de Acidentes de Trabalho e Doenças Profissionais, riscos de doenças profissionais, revisão da legislação do trabalho, tabela salarial, contrato colectivo de trabalho, regime jurídico dos menores, abono de família, duração de trabalho, férias e faltas, salários em atraso, regime de contratos a prazo.
Inclui ainda a proposta de revisão do acordo de empresa celebrado entre o sindicato signatário e a empresa de transportes do Rio Guadiana (1985, última versão 1990); ''Acção fundamental dos delegados sindicais'' do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Conservas e Ofícios Correlativos do Distrito de Faro, secção de Vila Real de Santo António.
Inclui: actas, orçamento e relatório do Secretariado da CGTP-IN, relatório e contas, ofícios, ofícios-circulares, memorando, convocatórias, acordo de empresa, legislação, regulamento de conferência, ficha de inscrição, comunicados à imprensa, ante-projecto da lista de doenças profissionais, projecto de resolução, acção fundamental dos delegados sindicais, "Boletim do Trabalho e Emprego", projecto de orçamento e plano geral de actividades.

Correspondência recebida da União dos Sindicatos do Norte Alentejano

Esta subsérie é constituída pela correspondência recebida pelo Sindicato dos Operários Corticeiros do Distrito de Portalegre remetida pela União dos Sindicatos do Distrito de Portalegre.
Inclui:

  • ofícios;
  • ofícios-circulares;
  • convocatórias;
  • nota à imprensa;
  • relatórios de actividade;
  • balanço geral;
  • actas;
  • regulamento;
  • proposta de ordem de trabalho;
  • plano de acção;
  • planos de actividade e orçamentos.

Contém ainda:

  • regulamento e proposta de ordem de trabalhos do 4.º Congresso da União dos Sindicatos do Distrito de Portalegre;
  • plano de acção da União dos Sindicatos do Distrito de Portalegre para a campanha nacional de fundos para a compra da sede histórica da CGTP-IN.

Correspondência recebida de diversas entidades

A subsérie é composta pela correspondência recebida pelo Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos remetidas por diversas entidades, tais como:

  • o Instituto do Cinema, Audiovisual e Multimédia (ICAM);
  • o Grupo Parlamentar do Partido Comunista Português (PCP);
  • o Partido Socialista;
  • o Grupo Parlamentar do Partido do Centro Democrático Social;
  • a Caixa de Previdência;
  • o Departamento de Regimes de Segurança Social;
  • a Câmara Municipal de Almada;
  • a Direcção-Geral dos Espectáculos;
  • o Ministério da Cultura;
  • a Assembleia da República;
  • o Ministério dos Negócios Estrangeiros;
  • o Ministério de Trabalho;
  • a Direcção-Geral de Higiene e Segurança no Trabalho;
  • a Região Autónoma da Madeira;
  • o Centro Português de Teatro;
  • o Sindicato dos Músicos;
  • a Presidência da República;
  • a Escola Superior de Música de Lisboa;
  • a Câmara Municipal de Lisboa;
  • a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira;
  • o Tribunal Judicial de Almada;
  • o Sindicato das Artes e Espectáculos (SIARTE);
  • a Federação dos Sindicatos dos Sector dos Espectáculos;
  • o Sindicato dos Hidratos de Carbono;
  • a Sociedade General de Autores de España;
  • Société Civile pour L'Administration des Droits des Artistes et Musiciens Interpretes (ADAMI), entre outros, sobre diversos assuntos, a saber: reuniões ordinárias, intervenções em sessão plenária sobre opões do plano e Orçamento do Estado, estudo urbanístico e arquitectónico do novo talhão para a Caixa de Previdência dos Profissionais do Espectáculo, a gestão dos jazigos e talhão do cemitério dos Prazeres, integração de sócios de outros sindicatos, plataforma audiovisual, filmoteca, higiene e segurança no trabalho.
    Inclui: ofícios, ofícios-circulares, comunicados, regulamentos, estatutos, brochuras, relação dos cartões de identidade, declarações, propostas de projectos, projectos de estatutos, documentos das assembleias de fusão, relatórios, convocatórias, actas de reunião, moções, abaixo-assinados, boletins, panfletos, recortes de imprensa, contrato, boletim trimestral do Sindicato de Artes e Espectáculos, ano I, n.º 3/4 (22/03 a 21/09 de 1984), relação dos cartões de identidade de beneficiário da Caixa de Previdência dos Profissionais de Espectáculos, 27 fotografias e negativos, 21 peças desenhadas.

Correspondência recebida de diversas entidades

Esta subsérie é composta pela correspondência recebida pelo Sindicato dos Operários Corticeiros do Distrito de Portalegre remetidas por diversas entidades, tais como:

  • Sociedade Corticeira Robinson Bros, SA;
  • Aureliano Lopes David;
  • Associação das Indústrias e Exportadores de Cortiça do Norte;
  • Partido Comunista Português (PCP);
  • Subercentro Cortiças, Lda.;
  • Inspecção Geral do Trabalho;
  • Amorim e Irmãos, S.A.;
  • Instituto Nacional para o Aproveitamento dos Tempos Livres dos Trabalhadores;
  • Câmara Municipal de Portalegre;
  • Instituto de Emprego e Formação Profissional;
  • Assembleia da República;
  • entre outros;

Sobre diversos assuntos, entre as quais:

  • as remessas de dinheiro feitas pelas entidades patronais dos pagamentos das quotas dos sócios;
  • formulários preenchidos de Balanço Social e de Quadro Pessoal do Ministério do Emprego e da Segurança Social das corticeiras e acerca das negociações para a celebração do contrato colectivo de trabalho vertical para a indústria corticeira.

Inclui:

  • ofícios;
  • credencial;
  • circular;
  • notas de débito;
  • comunicados;
  • formulários;
  • mapas de classificações;
  • intervenção;
  • convocatórias.

Correspondência recebida de outras estruturas sindicais

Esta subsérie é composta pela correspondência recebida pelo Sindicato dos Operários Corticeiros do Distrito de Portalegre remetidas por outras estruturas sindicais, tais como:

  • Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Corticeira do Sul;
  • Sindicato Democrático da Indústria Corticeira (SINDECOR);
  • Sindicato dos Trabalhadores da Construção, Madeiras, Mármores e Cortiça do Sul;
  • Federação Portuguesa dos Sindicatos da Construção, Cerâmica e Vidro;
  • Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias do Distrito de Aveiro;
  • Sindicato dos Operários Corticeiros do Norte;
  • Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Construção Civil, Mármores e Madeiras do Alentejo;
  • Sindicato Nacional dos Operários Corticeiros do Distrito de Aveiro;
  • Sindicato Nacional dos Trabalhadores das Telecomunicações (SINTEL);
  • Sindicato dos Trabalhadores Têxteis, Lanifícios e Vestuário do Sul;
  • Sindicato das Indústrias Eléctricas do Sul e Ilhas (SIESI);
  • Sindicato dos Trabalhadores da Função Pública;
  • União dos Sindicatos do Distrito de Braga;
  • Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL);
  • Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP);
  • União dos Sindicatos do Distrito de Évora;
  • Sindicato dos Professores da Zona Sul (SPZS);
  • Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços do Sul;
  • Sindicato dos Trabalhadores na Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares;
  • Sindicato Nacional dos Operários Corticeiros do Distrito de Setúbal;
  • Sindicato Nacional dos Profissionais da Indústria e Comércio de Vestuário e de Artigos Têxteis;
  • Sindicato dos Trabalhadores das Indústria de Celulose, Papel, Gráfica e Imprensa;
  • Sindicato dos Professores da Grande Lisboa (SPGL);
  • Sindicato Livre dos Pescadores e Profissões Afins;

Sobre:

  • as actividades sindicais desenvolvidas;
  • acordos com as empresas;
  • celebrações de contratos colectivos de trabalho e contratos colectivos de trabalho vertical, entre outros assuntos.

Inclui:

  • ofícios;
  • comunicados;
  • propostas;
  • actas;
  • folhetos;
  • circulares;
  • resoluções;
  • acordos;
  • listas;
  • programas de acção;
  • regulamentos e estatutos.

Correspondência trocada com os sócios

Esta subsérie é composta pela correspondência recebida pelo Sindicato dos Operários Corticeiros do Distrito de Portalegre remetidas pelos sócios do sindicato sobre questões de processamento salarial e de situação de desemprego, pedidos de informações, pedidos de anulação de inscrições no sindicato e demissões de cargos dos órgãos sociais.

Correspondência trocada entre diversas entidades

Correspondência trocada entre o Sindicato do Serviço Doméstico, as suas associadas e as várias entidades patronais, a Comissão de Trabalho da Assembleia da República, Comissão de Conciliação e Julgamento, sindicatos e uniões, relativa a: cartões de sócias, quotização e propostas de inscrições, alteração de moradas, convocatórias, reuniões, encontros, convívios, plenários, pedidos de audiência, resolução de conflitos entre as sócias e o patronato.
Contém ainda: acta datada de 4 de Abril de 1976 relativa a reunião de delegadas a nível nacional; acta datada de 19 Outubro de 1975 relativa a reunião da Assembleia Constituinte.
Inclui ofícios, cartas, telegramas, recibos, actas, circulares, moções, comunicados à imprensa.

Correspondência trocada entre o sindicato e diversas entidades

A subsérie é composta pela correspondência trocada entre o Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos e diversas entidades, entre as quais:

  • a Academia Almadense;
  • o Instituto de Investigação para o Desenvolvimento, Cooperação e Formação 1.º de Maio;
  • o Ministério do Emprego e da Segurança Social;
  • o Ministério do Trabalho;
  • a Radiodifusão Portuguesa, S.A.;
  • a Emissora Nacional de Radiodifusão;
  • a União dos Sindicatos de Lisboa;
  • a CGTP-IN;
  • a Fundação Calouste Gulbenkian;
  • o Teatro Nacional D. Maria II;
  • a Companhia Nacional de Teatro I – Teatro Popular;
  • o Teatro Nacional de São Carlos;
  • o OPART, EPE – Organismo de Produção Artística do Teatro de São Carlos;
  • a Câmara Municipal de Lisboa;
  • a Comissão de Trabalhadores da Companhia Nacional de Bailado;
  • a Secretaria de Estado da Cultura e o Sindicato das Artes e Espectáculos (SIARTE);
  • o Sindicato dos Músicos;
  • a Cooperativa de Administração dos Direitos dos Artistas (CADA);
  • a Comissão das Comunidades Europeias;
  • a Associação Portuguesa de Actores;
  • o Conservatório Nacional;
  • o Tribunal de Trabalho de Lisboa;
  • a União de Grémios dos Espectáculos;
  • a Secretaria do Ministério da Saúde e Assistência;
  • o Instituto Nacional de Estatística;
  • a Corporação de Espectáculos;
  • a Sociedade Portuguesa de Autores (SPA);
  • o Museu do Traje;
  • o Museu Nacional do Teatro;
  • a Direcção-Geral dos Espectáculos e das Artes;
  • a Associação de Fonógrafos, entre outros, sobre diversos assuntos, a saber:
  • seminário internacional sobre a condição do artista;
  • 80.º aniversário da Fundação da Associação de Classe dos Artistas Dramáticos;
  • comemorações do Dia Mundial do Teatro;
  • candidaturas ao Fundo Social Europeu;
  • sócios do sindicato;
  • contratos;
  • salários;
  • contratação colectiva;
  • eleição dos corpos gerentes;
  • conferência nacional dos reformados, pensionistas e idosos;
  • estruturação do sector dos espectáculos;
  • processos pendentes em tribunal;
  • processos de reclamações entregues no sindicato;
  • seminário sindical nacional sobre segurança social;
  • eleições de delegados sindicais do ballet Gulbenkian;
  • pagamento de quotizações;
  • quadro de pessoal de sócios da Gulbenkian;
  • debate público ''Que Futuro para o Parque Mayer?'';
  • celebração de acordo de empresa para regular as relações de trabalho ao abrigo do contrato individual de trabalho;
  • plenário de trabalhadores;
  • estruturação de carreiras profissionais;
  • estatuto do bailarino profissional;
  • estatutos;
  • convenções colectivas de trabalho;
  • discussão do anteprojecto de lei-quadro de actividade teatral;
  • subsídios à actividade teatral;
  • projecto de regulamentação sindical;
  • quotizações;
  • indemnizações de trabalhadores;
  • assistências jurídica;
  • constituição da cooperativa para defesa dos direitos dos artistas e intérpretes e executantes;
  • depósito de objectos e peças: relação das obras e objectos;
  • regulamentação colectiva de trabalho para os trabalhadores ao serviço de organizações sindicais;
  • reuniões;
  • eleições dos delegados sindicais do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos;
  • Congresso Nacional dos Músicos;
  • convenções colectivas de trabalho;
  • acordos de empresa;
  • boletim do Sindicato dos Músicos (Julho de 1989);
  • carteiras profissionais;
  • contrato de depósito de peças/obras e relação das mesmas enviadas para o Museu do Teatro pertencentes ao Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos.

Inclui: convites, cartas, cartazes, ofícios, currículos, legislação, candidaturas, recortes de imprensa, comunicados de imprensa, declarações, relatórios e contas, pareceres do Conselho Fiscal, orçamentos, protocolos, propostas de protocolo de acordo, mapas de quotizações em débito, ordens de serviço, regulamentos, regulamento interno, alvarás, seguro de incêndio, estudos, projectos de estatutos, estatutos, protocolos, anteprojectos, minutas de contrato, convocatórias, actas de reunião, informações, telegramas, autos de tentativa de conciliação, normas e regulamentos, convocatórias, boletins de inscrição, programa de congresso, resumo das intervenções no congresso, relatório, folhas informativas, regulamento da carteira profissional, cartas de sócios.

Correspondência trocada entre o sindicato e outras entidades

Contém correspondência trocada entre o Sindicato dos Operários Corticeiros do Distrito de Portalegre e diversas entidades, tais como:

  • Federação Nacional dos Sindicatos da Construção, Madeiras e Mármores;
  • União dos Sindicatos do Distrito de Portalegre;
  • União dos Sindicatos de Lisboa;
  • Festa dos Aventais;
  • Partido Comunista Português;
  • Associação dos Bombeiros Voluntários de Portalegre;
  • Sociedade Corticeira Robinson Bros, SARL;
  • Imprensa Nacional – Casa da Moeda, EP;
  • Ministério do Trabalho;
  • Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Corticeira do Sul;
  • Ferreira Bastos Advogado;
  • União dos Sindicatos do Distrito de Portalegre;
  • Sindicato dos Trabalhadores Agrícolas do Distrito de Portalegre;
  • Fábrica de Preparação de Cortiça;
  • Exploração Agro-Pecuária;
  • Sindicato dos Trabalhadores Têxteis, Lanifícios e Vestuário do Sul;
  • Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local;
  • Sindicato dos Trabalhadores na Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Sul;
  • União dos Sindicatos do Distrito de Évora;
  • Sindicato da Construção Civil do Distrito de Castelo Branco;
  • Rádio Difusão Portuguesa;
  • Maurício Custódio da Firma Aurelino Lopes David;
  • Caixa Geral de Depósitos;
  • entre outros.

Inclui:

  • ofícios;
  • ofícios-circulares;
  • circulares;
  • folhetos;
  • declaração;
  • memorial;
  • relatório e contas;
  • plano de actividades;
  • contas de gerência;
  • boletim.

Contém ainda:

  • convocatórias;
  • avisos do sindicato dirigidos aos sócios;
  • correspondência sobre a realização de actividades desportivas, folhetos e inscrições em actividades desportivas;
  • listas e fichas de resultados das competições.

Correspondência trocada entre o sindicato e outras estruturas sindicais

Correspondência trocada entre o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Conservas e Ofícios Correlativos do Distrito de Faro, e várias estruturas sindicais, a saber: a Federação dos Sindicatos das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos, a Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores Têxteis, Lanifícios e Vestuário de Portugal, a Federação dos sindicatos dos Trabalhadores das Indústrias Químicas, a União dos Sindicatos de Faro, União dos Sindicatos do Algarve/CGTP-IN, a CGTP-IN, Sindicato dos Quadros e Técnicos de Desenho, o Sindicato Democrático das Pescas, o Sindicato dos Músicos, o Sindicato dos Magistrados do Ministério Público, o Sindicato dos Transportes Rodoviários do Distrito do Porto, o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Algarve, o Sindicato das Indústrias Eléctricas do Sul e Ilhas, o Sindicato dos Fogueiros de Mar e Terra – SIFOMATE, o Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Alimentação do Norte, o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Conservas do Norte do País, o Sindicatos dos Trabalhadores da Indústria de Conservas e Ofícios Correlativos do Centro, o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, Madeiras e Mármores do Distrito de Faro, o Sindicato Livre dos Empregados de Escritório e Caixeiros do Distrito de Faro, o Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Celulose, Fabricação e Transformação do Papel, Gráfica e Imprensa do Sul e Ilhas, o Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Metalúrgicas e Metalomecânicas do Sul, no âmbito de: reuniões, plenários, plenários de sindicatos, reuniões com administração das fábricas, reuniões da Assembleia Geral, Conferência Sindical Nacional ''CGTP nos Anos 90'', 1.ª Conferência Sindical do Algarve, comemorações do 1.º de Maio, Encontro Nacional das Mulheres Trabalhadores, pagamento de comparticipações, relatório de actividades, orçamento, debate sobre a revisão constitucional e a situação social, comparticipações de quotizações, mudança de instalações, quadros de pessoal, revisão de CCT – conservas de peixe, acordo colectivo de trabalho, ficha de inscrição do sindicato e ficha de identificação dos delegados.
Inclui convocatórias, ofícios, ofícios-circulares, circulares, manifesto, fichas de inscrição, regulamento, comunicados à imprensa, moção, proposta, abaixo-assinado, projecto de revisão do CCT, relatório de actividades e contas, actas, projecto de estatutos, telegrama, convites, protocolos, ficha de inscrição de delegados, plano de trabalho, vendas a dinheiro, documento de despesa, folha de caixa.

Cursos e acções de formação

A subsérie reporta-se aos documentos relativos à organização e à ministração do curso de formação de ''Animação Cultural'' do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos.

Inclui: ofícios, programas dos módulos do curso, folha de avaliação, ficha de monitor, contrato de formação profissional, textos de apoio à formação, registo diário do curso, candidatura ao Fundo Social Europeu, registo diário de matérias, certificados, ficha de inscrição, cheques, facturas, autorizações de pagamento, guia de depósito, recibos, aviso de crédito, certidão, pedido de pagamento de saldo ao Fundo Social Europeu, balancetes mensais, justificações de faltas, atestados médicos, fotocópia dos bilhetes de identidade, mapas de formandos, programa do curso, cronograma das turmas, recortes de imprensa, lista de habilitações académicas dos formadores, ficha de monitor, currículos.

Diversos

A pasta é composta por:

  • várias circulares, informações e outros documentos do Sindicato Nacional dos Caixeiros e Profissões Similares do Distrito de Lisboa, da Comissão dos Metalúrgicos do Distrito de Aveiro, do Sindicato dos Bancários do Porto, do Sindicato Nacional do Pessoal da Indústria de Lanifícios dos Distritos da Guarda e Viseu;
  • recortes de jornal sobre o abandono da reunião da Organização Internacional do Trabalho (OIT) por parte da delegação portuguesa, em 1971, sobre as eleições para os Corpos Directivos dos Metalúrgicos de Lisboa, a 1973-12-15, e sobre o discurso corporativo de Silva Pinto, a 1972-03-19, por ocasião do 50.º Aniversário do Sindicato dos Viajantes;
  • o hino da Intersindical, sem data.

Documentos de despesa e receita

A subsérie é contém os documentos de despesa e receita relativos ao Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos.

Inclui: mapa discriminativo das despesas e receitas, pareceres, mapas de quotizações, verificação de guias de receita, mapas mensais de remunerações, diário de caixa, recibos, folhas e caixa, extracto de diário, recibo de remunerações, recibos de IRS.

Documentos de despesa e receita

Documentação de cariz contabilístico relativa a: entrega de quotização das firmas conserveiras do Algarve, a saber: Comalpe, Conservas de Peixe, SARL., Ramirez & C.ª (Filhos), Lda., Rui Mendes Viegas Calvinho, Sociedade Algarvia de Salgas, Lda., José António Ritta, Arménio Cardoso e Filhos, Lda., bem como as comparticipações mensais da delegação de Vila Real de Santo António do sindicato à União dos Sindicatos do Algarve, à Federação dos Sindicatos das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos e ao Centro Regional de Segurança Social de Faro.. Inclui ainda documentação relativa a remunerações dos funcionários da delegação de Vila Real de Santo António, aos movimentos de conta da Caixa Geral de Depósitos, movimento mensal de caixa das delegações de Portimão e de Olhão, documentos de receita, pagamento de despesas de deslocações, consumíveis (seguro ''Tranquilidade'', refeições, recibos de vencimento, telecomunicações /CTT, abastecimento de água, limpezas).. Inclui mapa mensal de quotizações, diário de caixa, movimento mensal de caixa, movimento geral de sócios, facturas, recibos, documentos de receita, guia de depósito, folha de remunerações mensais, venda a dinheiro, documento de despesa, bilhetes de transporte, declaração, guia de remessa, guia de receita, recibos de vencimentos, recibos de quotização, talões de depósito, folhas de caixa, ordem de pagamento..

Documentos de receita e despesa

Documentação de cariz contabilístico: pagamento de despesas de consumíveis, deslocações, renda de casa, jornais, salários, subsídios de férias e, de recebimentos de donativos, quotas, inscrição de sócias, chamadas telefónicas.
Inclui notas de lançamento, documentos de receita, ordens de pagamento, recibos, recibos de vencimento, facturas, folhas de caixa, talões de depósito, guias de depósito, folhas de pagamento, venda a dinheiro, extractos bancários, notas de débito, folhas de caixa, balancetes mensais.

Documentos de receita e despesa

Esta subsérie é composta pelos documentos de receita e despesa do Sindicato dos Operários Corticeiros do Distrito de Portalegre.
Contém documentos relativos ao pagamento das quotas sindicais, entre os quais:

  • declarações dos sócios autorizando a dedução e remessa ao sindicado de 1% das suas remunerações mensais para pagamento das quotas;
  • relação das quotas pagas pelos funcionários da Sociedade Corticeira Robinson Bros, SA;
  • listagens de sócios;
  • ofícios;
  • mapas de pagamento de quotas e quadro de pessoal relativamente à liquidação das quotas dos funcionários da Sociedade Corticeira Robinson Bros, SA.
    Contém:
  • documentos de despesa;
  • extractos bancários;
  • facturas;
  • declarações de IES, IRS e IRC.

Dossier de legislação

Compilação de diários da República sobre leis do trabalho e Segurança Social: salários mínimos, remunerações, contrato de serviço doméstico, cessação de contrato individual de trabalho, previdência para o serviço doméstico.
Inclui ofício-circular, notas sobre projecto de portaria, ofícios, pareceres, anteprojecto de proposta sindical sobre o regime jurídico do contrato do serviço doméstico e projecto de diploma do regime jurídico do contrato de serviço doméstico.

Entrevista a Américo da Costa Pereira

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: Américo da Costa Pereira (Depoimento: Lisboa, 25 de Maio de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 31 p. [dat.]. [Pereira, 2010: 3-31].. . Sumário da entrevista:. As crises académicas de Coimbra e a organização associativa.. A organização, a Intersindical e as primeiras revindicações.. A Intersindical: acção e repressão.. A Intersindical – organização, estrutura e expansão – depois do 25 de Abril.. As comissões de trabalhadores e a Intersindical.. As lutas sociais no período revolucionário.. O movimento sindical e a política nacional.. A influência político-partidária no movimento sindical.. A representação internacional da Intersindical..

Entrevista a Américo Nunes

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: Américo Nunes (Depoimento: Lisboa, 22 de Fevereiro de 2010). Lisboa: GCTP-IN – CAD, 2010, 30 p. [dat.]. [Nunes, 2010: 3-30].. . Sumário da entrevista:. A ocupação do Sindicato de Hotelaria e a eleição da Comissão Directiva.. O 1.º de Maio de 1974.. A acção da primeira direcção do Sindicato de Hotelaria.. A Intersindical e as Comissões de Trabalhadores.. A questão da Unidade e Unicidade.. A Intersindical e a evolução da política nacional: as eleições para a Assembleia Constituinte; o 1.º de Maio de 1975 e o Verão Quente. . I Congresso da Intersindical.. O aparecimento da Carta Aberta e a Intersindical.. II Congresso da Intersindical.. As reformas legais: salário mínimo e lei da greve.

Entrevista a António Cavaca Calarrão

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: António Cavaca Calarrão (Depoimento: Lisboa, 22 de Abril de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 16 p. [dat.]. [Calarrão, 2010: 3-16].. . Sumário da entrevista:. As condições de vida e a luta dos trabalhadores agrícolas durante o Estado Novo.. A criação dos sindicatos agrícolas e as reivindicações (o contrato colectivo de trabalho).. A Reforma Agrária.

Entrevista a António Joaquim dos Santos

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: António Joaquim dos Santos (Depoimento: Lisboa, 29 de Abril de 2010). Lisboa: GCTP-IN – CAD, 2010, 10 p. [dat.] [Santos, 2010: 3-10].. . Sumário da entrevista:. A origem da Intersindical.. A conquista da direcção do Sindicato dos Jornalistas (1969).. As formas de luta pelos direitos dos jornalistas: o Código Deontológico, o contrato colectivo de trabalho e o horário de trabalho.. O 25 de Abril e o Sindicato dos Jornalistas.. O contrato colectivo de trabalho.. O Sindicato dos Jornalistas e a questão da unidade/unicidade.. Os sindicatos e a influência político-partidária.

Entrevista a António Lopes Marques

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: António Lopes Marques (Depoimento: Lisboa, 1 de Abril de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 25 p. [dat.] [Marques, 2010: 3-25].. . Sumário da entrevista:. O movimento académico de Coimbra na oposição à Ditadura.. A administração local e a organização, estrutura e implantação do Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local (STAL).. O STAL e a Intersindical.. As conquistas dos trabalhadores depois do 25 de Abril. . A questão da unidade/unicidade.. O 1.º Congresso da Intersindical.. O STAL e a Carta Aberta.. O 1.º de Maio de 1974.

Entrevista a António Neves Duarte Teodoro

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.

A transcrição tem a seguinte referência: António Neves Duarte Teodoro (Depoimento: Lisboa, 6 de Maio de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 15 p. [dat.]. [Teodoro, 2010: 3-15].

Sumário da entrevista:
O contexto vivido em Portugal e as reivindicações dos professores;
Os Grupos de Estudo de Professores Eventuais e Profissionais e os Grupos de Estudo;
Os Grupos de Estudo nas origens dos sindicatos dos professores.;
Os professores e a oposição à Ditadura.
Os Grupos de Estudo e a Intersindical.
O Sindicato dos Professores e a Intersindical (adesão).

Entrevista a Armando Artur Teixeira da Silva

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: Armando Artur Teixeira da Silva (Depoimento: Lisboa, 7 de Abril de 2010). Lisboa: GCTP-IN – CAD, 2010, 30 p. [dat.]. [Silva, 2010: 3-30].. . Sumário da entrevista:. O movimento sindical no Porto: a formação das Comissões Democráticas de Trabalhadores e a organização da oposição ao Estado Novo.. O movimento sindical e o 1.º de Maio de 1974.. A Intersindical e as Comissões de Trabalhadores. . A questão da Unidade /Unicidade.. O V Governo Provisório e as suas reformas.. A Intersindical e o contexto político nacional: as eleições para a Assembleia Constituinte; o “Verão Quente” e o I Governo Constitucional.. Os sindicatos do Norte e o “Verão Quente”.. O I e II Congressos da Intersindical.. A Carta Aberta e a UGT..

Entrevista a Avelino Pacheco Gonçalves

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: Avelino Pacheco Gonçalves (Depoimento: Porto, 22 de Junho de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 32 p. [dat.] [Gonçalves, 2010: 3-32].. . Sumário da entrevista:. Entre a militância no Partido Comunista Português e a luta dos bancários do Porto.. A mobilização dos trabalhadores bancários e a conquista do Sindicato dos Bancários do Porto (1960 a 1974).. As reuniões intersindicais dos sindicatos bancários de Lisboa, Porto e Coimbra: um dos primeiros formatos de mobilização colectiva.. Os sindicatos dos bancários e as reuniões intersindicais.. O Ministério do Trabalho e a construção do Estado Social: o salário mínimo nacional (SMN).. A questão da unidade e unicidade: uma definição também de Avelino Pacheco Gonçalves.. Entre a política e o Sindicato dos Bancários do Porto (1974 a 1975).. O trabalho na Assembleia Constituinte: a comissão de trabalhadores.. A violência política no Norte no Verão Quente.

Entrevista a Carlos Carvalho

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.

A transcrição tem a seguinte referência: Carlos António de Carvalho (Depoimento: Lisboa, 21 de Maio de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 28 p. [dat.] [Carvalho, 2010: 3-28].

Sumário da entrevista:
A oposição democrática ao Estado Novo: cultural (as cooperativas culturais); política (Comissão Democrática Eleitoral – CDE); e sindical (Cometna/Sindicato dos Metalúrgicos de Lisboa);
O papel das socioprofissionais e o debate no III Congresso da Oposição de Aveiro (Abril de 1973);
As origens da Intersindical;
Reestruturação, organização e expansão da Intersindical depois do 25 de Abril;
O período revolucionário e a mobilização dos trabalhadores;
As conquistas dos trabalhadores;
As comissões de trabalhadores;
Os contratos colectivos de trabalho;
A Intersindical e a Segurança Social;
A questão da unidade/unicidade; a Carta Aberta; e a UGT;
O I Congresso da Intersindical;
A CNOC e o II Congresso de Todos os Sindicatos;
A Intersindical e as relações internacionais.

Entrevista a Carlos Manuel Lourenço Dias

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: Carlos Lourenço Dias (Depoimento: Coimbra, 10 de Novembro de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 20 p. [dat.]. [Dias, 2010: 3-20].. . Sumário da entrevista:. O início da actividade política e sindical.. A negociação do Contrato Colectivo dos Bancários (1972).. O Sindicato Nacional dos Bancários de Coimbra.. A mobilização dos trabalhadores bancários.. A União dos Sindicatos de Coimbra na organização e mobilização sindical no imediato pós-25 de Abril.. A política nacional, no período revolucionário, e a Intersindical: da Lei sindical ao aparecimento a UGT.. O I e II Congressos da Intersindical.. A instabilidade económico-social e as empresas em auto-gestão.. A nacionalização da banca..

Entrevista a Custódio da Silva Ferreira

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: Custódio da Silva Ferreira (Depoimento: Paialvo, 2 de Junho de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 23 p. [dat.]. [Ferreira, 2010: 3-23]. . Sumário da entrevista:. A oposição dos trabalhadores ferroviários ao Estado Novo: mobilização; organização; e contestação.. O 25 de Abril e o Sindicato dos Ferroviários: a (re)organização; expansão; e luta.. As lutas pelo Acordo Colectivo de Trabalho (ACT).. A Intersindical e os I e II Congressos.. A divisão sindical e a formação de sindicatos paralelos: os obstáculos à luta pelo ACT.. A nacionalização dos grandes sectores da economia nacional: a CP e a intervenção dos trabalhadores..

Entrevista a Francisco Canais Rocha

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: Francisco Canais Rocha (Depoimento: Lisboa, 18 de Fevereiro de 2010). Lisboa: GCTP-IN – CAD, 2010, 29 p. [dat.] [Rocha, 2010: 3-29].. . Sumário da entrevista:. Início da actividade sindical na oposição ao Estado Novo.. A Intersindical na semiclandestinidade.. A acção sindical das direcções anticorporativas (assembleias-gerais e delegados sindicais).. Conteúdos da luta sindical durante da Ditadura.. Os sindicatos e a relação com as autoridades (o Ministério das Corporações e a Inspecção dos Organismos Corporativos).. A natureza das relações da Intersindical com as autoridades (Congresso da Previdência e a representação na Organização Internacional do Trabalho).. A organização dos trabalhadores antes do aparecimento da Intersindical.. O 1.º de Maio de 1974.. A Intersindical e os Governos Provisórios.. A Intersindical e as organizações internacionais.. Reestruturação e organização da Intersindical depois do 25 de Abril.. A Intersindical no imediato pós 25 de Abril: a heterogeneidade de estratégias na ocupação e relação com os sindicatos; as greves “espontâneas” e as ocupações das empresas.. As primeiras reformas legais (a lei da greve e o salário mínimo nacional) e o papel da Intersindical. . A Unidade e a Unicidade.. A relação da Intersindical com o Governo entre 1974 e 1975.. I e II Congressos da Intersindical.. Carta Aberta.. A negociação dos Contratos Colectivos de Trabalho.

Entrevista a Isabel Figueiredo

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: Isabel Figueiredo (Depoimento: Lisboa, 29 de Junho de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 24 p. [dat.] [Figueiredo, 2010: 3-24]. . . Sumário da entrevista:. As dificuldades dos trabalhadores dos correios e telecomunicações no final da Ditadura.. O primeiro Caderno Reivindicativo: entre a negociação da primeira tabela salarial e os Acordos Colectivos de Empresa.. Da comissão pró-sindicato à proliferação sindical.. O SNTCT e a Intersindical: a greve de 17 a 20 de Junho de 1974; a questão da unidade e unicidade; e a adesão (1987).. O SNTCT e a realidade político-partidária no período revolucionário.

Entrevista a José Ernesto Ribeiro Cartaxo

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: José Ernesto Ribeiro Cartaxo (Depoimento: Lisboa, 5 de Abril de 2010). Lisboa: GCTP-IN – CAD, 2010, 30 p. [dat.] [Cartaxo, 2010: 3-30].. . Sumário:. O início da actividade sindical: o contexto da corda industrial de Lisboa.. O Contrato Colectivo de Trabalho.. A luta dos trabalhadores nas empresas no imediato pós 25 de Abril: o caso da MEC.. As novas reformas legais: o salário mínimo nacional.. O Movimento Sindical e a política nacional.. A Carta Aberta.. O Congresso de Todos os Sindicatos.

Entrevista a José Luís Judas

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: José Luís Judas (Depoimento: Lisboa, 15 de Abril de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 36 p. [dat.]. [Judas, 2010: 3-36].. . Sumário da entrevista:. Evolução do movimento sindical na década de 60: a abertura marcelista e o contexto económico.. A origem da Intersindical e a sua estruturação.. As derrotas e conquistas da Intersindical durante a Ditadura.. As clivagens internas no movimento sindical.. O 25 de Abril e o 1.º de Maio de 1974.. A organização da Intersindical depois do 25 de Abril.. As Comissões de Trabalhadores.. O movimento sindical e a evolução do contexto político nacional: as eleições para a Assembleia Constituinte; o 1.º de Maio de 1975; e o Verão Quente.. A questão da Unidade/Unicidade.. A Carta Aberta.. O I Congresso da Intersindical.. O Congresso de Todos os Sindicatos: uma “(re)-fundação” da Intersindical.. As grandes conquistas da Intersindical.

Entrevista a José Malaquias Pinela

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: António Lopes Marques (Depoimento: Lisboa, 1 de Abril de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 22 p. [dat.] [Marques, 2010: 3-22].. . Sumário da entrevista:. A conquista da direcção do Sindicato dos Caixeiros de Lisboa.. Os temas, a organização e a estrutura das reuniões da Intersindical.. A “ilegalização” da Intersindical.. O 1.º de Maio de 1974.. O projecto-lei das associações sindicais: unidade/unicidade.. Os partidos e a Intersindical.

Entrevista a Juvelino Ferreira Colaço

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: Juvelino Ferreira Colaço (Depoimento: Pataias, 28 de Abril de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 22 p. [dat.] [Colaço, 2010: 3-22].. . Sumário da entrevista:. As condições de trabalho, lutas e reivindicações dos trabalhadores vidreiros antes do 25 de Abril.. A repressão e perseguição aos militantes da Intersindical.. As Comissões de Trabalhadores e as Comissões Sindicais..

Entrevista a Luís Maria Kalidás Barreto

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.

A transcrição tem a seguinte referência: Luís Maria Kalidás Barreto (Depoimento: Lisboa, 7 de Julho de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 18 p. [dat.] [Kalidás Barreto, 2010: 3-18].

Sumário da entrevista:
A organização do movimento sindical na oposição à Ditadura.
A conquista do sindicato dos lanifícios de Castanheira de Pera (1971).
A repressão e perseguição política aos militantes sindicais.
A conquista da primeira tabela salarial (1 de Novembro de 1971) pelos cinco sindicatos dos lanifícios, agrupados na Federação Nacional dos Lanifícios (criada em Outubro de 1970).
O contrato colectivo de trabalho: das negociações de 1971 às alterações posteriores ao 25 de Abril.
Os militantes católicos e a mobilização sindical.
O contexto revolucionário e as comissões de trabalhadores.
A problemática da unidade/unicidade: da Carta Aberta ao Congresso de Todos os Sindicatos.

Entrevista a Manuel António Teixeira de Freitas

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.

A transcrição tem a seguinte referência: Manuel António Teixeira de Freitas (Depoimento: Porto, 21 de Junho de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 36 p. [dat.] [Freitas, 2010: 3-36].

Sumário da entrevista:
A organização dos trabalhadores a industria têxtil: entre a formação pessoal e a consciência de classe;
A tentativa de conquista da direcção do Sindicato Nacional dos Têxteis do Distrito do Porto;
O 25 de Abril e a organização e expansão do Sindicato dos Trabalhadores Têxteis do Distrito do Porto.
A negociação do contrato colectivo pela Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores Têxteis, Lanifícios, Vestuário, Calçado e Peles de Portugal;
A Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores Têxteis, Lanifícios, Vestuário, Calçado e Peles de Portugal e a heterogeneidade de influências;
As comissões de trabalhadores (controlo da produção e controlo operário) e o sector têxtil;
A questão da unidade e unicidade;
Os sindicatos da Intersindical, no Norte, durante o Verão Quente.

Entrevista a Manuel Carvalho da Silva

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: Manuel Carvalho da Silva (Depoimento: Lisboa, 2 de Dezembro de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 27 p. [dat.] [Carvalho da Silva, 2010: 3-27].. . Sumário da entrevista:. A consciencialização política, social e sindical – da Guerra Colonial à Electromecânica Portuguesa (Preh).. A negociação do Contrato Colectivo de Trabalho do sector do material eléctrico.. A organização da Intersindical a nível central, local e das empresas depois do 25 de Abril: a União dos Sindicatos dos Porto; a Comissão de Trabalhadores da Preh; e a reestruturação do Sindicato dos Electricistas do Norte.. As lutas mais prementes do Sindicato dos Electricistas do Norte.. A Federação dos Sindicatos das Indústrias Eléctricas e a difícil negociação (revisão) do Contrato Colectivo de Trabalho.. A importância das Comissões de Trabalhadores (e a relação com as comissões sindicais).. A “questão da unidade e unicidade”: o I Congresso da Intersindical e a Carta Aberta (a formação da UGT).. O Congresso de Todos os Sindicatos: a comissão organizadora e a diferença em relação ao I Congresso.. O “Verão Quente” e a situação do movimento sindical no Norte.. Da Greve Geral de Fevereiro de 1982 aos acontecimentos do 1.º de Maio do mesmo ano..

Entrevista a Manuel Machado Sá Marques

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: Manuel Machado Sá Marques (Depoimento: Lisboa, 18 de Maio de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 12 p. [dat.] [Sá Marques, 2010: 3-12].. . Sumário da entrevista:. A “identidade” do médico.. A formação e orgânica da Ordem dos Médicos durante a Ditadura.. Os “grupo dos jovens” e a oposição ao regime.. A formação do Sindicato dos Médicos e o debate com a Ordem dos Médicos. . O Sindicato dos Médicos do Sul e a Intersindical.. Os médicos e o Movimento Sindical na construção do Serviço Nacional de Saúde..

Entrevista a Manuel Maria Candeias

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: Manuel Maria Candeias (Depoimento: Lisboa, 13 de Abril de 2010). Lisboa: GCTP-IN – CAD, 2010, 33 p. [dat.] [Candeias, 2010: 3-33].. . Sumário da entrevista:. A conquista da direcção do Sindicato dos Metalúrgicos e as relações com o Estado: as reivindicações.. A origem da Intersindical.. A destituição da direcção eleita do Sindicato dos Metalúrgicos (Outubro de 1973).. As reuniões intersindicais e a clandestinidade. . O 25 de Abril e o movimento sindical.. A negociação do Contrato Colectivo de Trabalho: a TAP. . A questão da Unidade/Unicidade e a Carta Aberta.. O Congresso de Todos os Sindicatos.. A influência político-partidária no movimento sindical..

Entrevista a Maria Augusta de Sousa

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.
A transcrição tem a seguinte referência:
Maria Augusta de Sousa (Depoimento: Oeiras, 1 de Junho de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 19 p. [dat.] [Sousa, 2010: 3-19].

Sumário da entrevista:
A Juventude Operária Católica e o movimento sindical em Portugal.
A mobilização dos profissionais de enfermagem durante o Estado Novo: acções e reivindicações.
A organização do Sindicato dos Enfermeiros da Zona Sul e Açores, no imediato pós-25 de Abril, e a conquista dos direitos dos trabalhadores.
A relação entre o Sindicato dos Enfermeiros da Zona Sul e a Intersindical.
A evolução do movimento sindical dos trabalhadores da enfermagem e a criação do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (1988).
O Sindicato dos Enfermeiros da Zona Sul e a Intersindical no contexto das transformações políticas e sociais (1974 a 1988).

Entrevista a Maria do Carmo Tavares

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: Tavares, Maria do Carmo (Depoimento: Lisboa, 9 de Abril de 2010). Lisboa: GCTP-IN – CAD, 2010, 31 p. [dat.] [Tavares, 2010: 3-31].. . Sumário da entrevista:. A dinâmica de base, os conteúdos e os tipos de luta dos trabalhadores da indústria química antes do 25 de Abril.. A conquista da direcção do Sindicato dos Químicos de Lisboa (1972).. A actuação dos militantes sindicais, a oposição ao Estado Novo e a repressão.. O Sindicato dos Químicos de Lisboa (1974 a 1975): a instabilidade (política) da direcção e a intervenção das Forças Armadas.. O Movimento Sindical e a luta pela “estabilidade da democracia”.. A questão da Unidade e Unicidade: a Carta Aberta.. Os I e II Congressos da Intersindical.. O Movimento Sindical e a vida político-partidária portuguesa.

Entrevista a Maria Emília Reis Castro

Composto pela gravação audiovisual da entrevista e a respectiva transcrição.. A transcrição tem a seguinte referência: Maria Emília Reis Castro (Depoimento: Porto, 22 de Junho de 2010). Lisboa: CGTP-IN – CAD, 2010, 32 p. [dat.]. [Castro, 2010: 3-32].. . Sumário da entrevista:. A organização das trabalhadoras da indústria do vestuário na empresa ROLSOL (1970 a 1974).. As organizações católicas (JOC e CCO) e a formação do movimento operário.. O 25 de Abril e a organização do movimento do Sindicato do Vestuário do Distrito do Porto: a implantação no terreno – uma organização de base.. A difícil negociação do Contrato Colectivo de Trabalho.. As Comissões de Trabalhadores: controlo operário; controlo de produção; e comissões inter-empresas (a 4 de Abril de 1975, os trabalhadores da ROLSOL – Confecções e Exportações ocupam as instalações e elegem uma comissão de gestão devido à fuga da administração).. A questão da unidade e unicidade.. A violência e a perseguição: os sindicatos da Intersindical no Porto durante o Verão Quente.. A diversidade e autonomia na Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores Têxteis, Lanifícios, Vestuário, Calçado e Peles de Portugal (FESETE).. O Sindicato de Vestuário do Distrito do Porto..

Resultados 1 a 100 de 180